Dinâmica de Encerramento com TECENDO A MANHÃ

 

 

Esta dinâmica encerra a Sessão de Aprendizagem 3/4 da Oficina Expressão com Múltiplas Linguagens, do Eixo I – Promover o Desenvolvimento Sustentável do Turismo, do ProjetoTrilha Jovem.

 

 

 

Entregue a cada participante um impresso com o poema: Tecendo a manhã.

Tecendo a Manhã

Um galo sozinho não tece uma manhã.
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de um outro galo
que apanhe o grito que um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.

E se encorpando em tela, entre todos,
se erguendo tenda, onde entrem todos,
se entretendo para todos, no toldo
(a manhã) que plana livre de armação.
A manhã, toldo de um tecido tão aéreo
que, tecido, se eleva por si: luz balão.

MELO NETO, J.C. Tecendo a manhã. In: Cabral – antologia poética. Rio de Janeiro: José Olympio, 1979, p. 17.

 

 

Solicite aos jovens que fiquem em pé e façam uma leitura silenciosa e individual do texto. Peça a um voluntário que leia em voz alta o poema. Enquanto a poesia é lida, os demais jovens devem improvisar uma representação não-verbal do que é dito. Repita a leitura por três vezes, estimulando, nos intervalos, que os jovens aprimorem a representação e a tornem, a cada vez, mais bela.

 

Publicado on fevereiro 2, 2009 at 8:30 pm  Comentários (4)  

The URI to TrackBack this entry is: http://natrodrigo.wordpress.com/tecendo-a-manha/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. O poema Tecendo a Manhã de João Cabral de Melo Neto é simplesmente estupendo, só ele para fazer com tanta perfeição, atingindo o lado social de forma belíssima. Adorei a sugestão de atividade, tanto lendo e relendo quanto representar o poema.
    Grata, um abraço!
    Maria José – pedagoga (São Paulo-capital)

  2. O poema em questão é simplismente magnífico.Adorei a sugestão.Abraços.Lúcia Helena Pacheco – professora de Língua Portuguesa – Teófilo Otoni – MG

  3. O poema em questão é magnífico.Adorei a sugestão.

  4. Como é sublime ler e apreciar esse e outros poemas de João Cabral Melo Neto. Uma obra lindíssima. Amei!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 96 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: