A Música e a Cultura Brasileira da Hospitalidade

Esta situação de aprendizagem, que inclui uma atividade  com a canção Você já foi à Bahia?,  é um excerto da sessão de aprendizagem 7/9, retirado das referências do instrutor, da oficina Turismo e suas Dimensões, que faz parte do projeto Trilha Jovem. Esse programa foi elaborado pela Germinal Consultoria, para o Instituto de Hospitalidade.

 Turismo e suas dimensões Aula 7/9
 Competências  Situação de Aprendizagem  Recursos  Tempo
Estabelecer alternativas para a consolidação de uma cultura brasileira da hospitalidade, como diferencial competitivo no desenvolvimento sustentável do turismo. 1. Aquecendo. TransparênciaCD

Diário de Bordo.

30’
2. Representando a cultura brasileira da hospitalidade.   95’
INTERVALO 15’
3. Cultura brasileira de hospitalidade e desenvolvimento sustentável do turismo. Tarjetas e canetas coloridas.     100’

Objetivos

1.      Incentivar a participação na construção da cultura brasileira da hospitalidade.

2.      Discutir as características da cultura brasileira da hospitalidade.

3.      Analisar a relevância do Movimento Brasil de Turismo e Cultura (MBTC) no contexto do desenvolvimento sustentável do turismo.

  1. Sugerir formas de aproveitar a cultura brasileira da hospitalidade como diferencial competitivo na promoção do desenvolvimento sustentável do turismo.

Passos das situações de aprendizagem (Atividades)

1. Aquecendo

Receba os participantes, convidando-os a ocuparem seus lugares no semicírculo previamente preparado. Na sala, está projetada na parede a canção Você já foi à Bahia? Promova uma audição da música.

Você já foi à Bahia?(Dorival Caymmi)Você já foi à Bahia, nêga?
Não? Então vá!
Quem vai ao Bonfim, minha nêga
Nunca mais quer voltar
Muita sorte teve
Muita sorte tem
Muita sorte terá
Você já foi à Bahia, nêga?
Não? Então vá!Lá tem vatapá! Então vá!
Lá tem caruru! Então vá!
Lá tem mungunzá! Então vá!
Se quiser sambar! Então vá!

Nas sacadas dos sobrados
Da velha São Salvador
Há lembranças de donzelas
Do tempo do imperador
Tudo isso na Bahia
Faz a gente querer bem
A Bahia tem um jeito
Que nenhuma terra tem

Ao final da audição, faça uma pergunta aos jovens: o que a canção de Caymmi está “vendendo”?. E, qual é o sentido dos dois últimos versos: “A Bahia tem um jeito que nenhuma terra tem”. Deixe que os participantes discutam o sentido desses versos, especialmente qual seria esse “jeito” do lugar; faça essa pergunta durante a discussão. Tente fazer com que o grupo concretize essa idéia mencionando o que poderia fazer o jeito da Bahia diferente de todas as outras terras. Praias? Ritmo? Carnaval? Cores? Sorrisos? Remelexos? Comidas? Etc. Depois, extrapole a idéia do “jeito” da Bahia para o Brasil e pergunte se o Brasil teria também um jeito diferente de todos os outros países. Depois dos jovens mencionarem inúmeras características tipicamente brasileiras, pergunte sobre a hospitalidade brasileira. Ela também já teria um jeito? Não deixe que a discussão se prolongue a partir desta pergunta. O grupo deverá apenas responder se acha que existe a hospitalidade com a cara brasileira ou não.

Diário de Bordo

Convoque o relator para ler o seu texto sobre a aula anterior. Após a leitura e tendo prestado os esclarecimentos solicitados, peça para ele fazer a escolha do relator do dia e entregar-lhe o Diário de Bordo.

Exposição dos objetivos do dia

Apresente os objetivos do dia de trabalho, certificando-se de que foi compreendido e/ou prestando os esclarecimentos necessários.

Devolva os textos, feitos na aula anterior, devidamente analisados e corrigidos. Coloque-se à disposição para esclarecimentos.

2. Representando a cultura brasileira da hospitalidade

Em painel, retome a questão já introduzida no aquecimento a partir da música. Pergunte sobre a importância de se construir, ou não, uma cultura brasileira da hospitalidade. Estimule uma breve discussão sobre a questão.

Tendo encerrado a discussão, coordene uma dinâmica de grupo para formar os grupos.

 Pergunte aos participantes: se fossem escolher uma cor, qual seria a cor da cara brasileira da hospitalidade? Passe pelos lugares no semicírculo e peça para cada um pegar uma tirinha de papel da cor escolhida. Faça, previamente, tiras de papel crepom em quatro ou cinco cores, no máximo, repetidas seis vezes em seis tirinhas iguais. Quando acabar uma cor o participante deverá pegar a tirinha da cor de sua segunda escolha. Depois, em uma frase, cada um dos participantes deverá justificar a sua escolha: “escolhi (diz o nome da cor) para a cara brasileira da hospitalidade por que…  Por fim, organize grupos de seis pessoas, juntando os jovens que escolheram a mesma cor para a cara brasileira da hospitalidade. Se não houver solução numérica, negocie ou faça ajustes.

Peça para os grupos se reunirem para discutir as várias possibilidades de manifestação da cultura brasileira da hospitalidade e preparar uma representação muda demonstrando essas possibilidades. A cena muda poderá ser apoiada por música, som e cartazes, como se fazia nos filmes mudos.

Em painel, coordene a apresentação dos grupos, com suas cenas mudas. Antes de iniciar a primeira apresentação, informe o grupo que todos serão observadores de todos e que deverão tentar extrair de cada cena as características da cultura brasileira da hospitalidade. As apresentações deverão ser feitas sucessivamente, sem comentários entre uma e outra. É importante garantir que o clima na classe seja de concentração e respeito aos trabalhos apresentados e que a platéia não interfira de forma alguma na cena que está sendo apresentada. Ao final da última cena, peça para os pequenos grupos se reunirem novamente com o objetivo de analisar cada trabalho apresentado. A partir do conjunto de observações individuais, os grupos deverão extrair as características da cultura brasileira da hospitalidade contidas de cada cena muda que observaram.

Em painel, coordene a análise dos trabalhos feita pelos grupos, apresentando suas conclusões sobre as características da cultura brasileira da hospitalidade que observaram nos trabalhos. Depois, estimule um debate a respeito e por fim faça uma síntese e as complementações necessárias.

Tendo concluído o trabalho, faça uma apresentação do Movimento Brasil de Turismo e Cultura (MBC).

Texto de apoio

Movimento Brasil de Turismo e Cultura (MBTC)
O Movimento Brasil de Turismo e Cultura é a primeira experiência concreta inspirada nos conceitos e temas do Fórum Mundial de Turismo para Paz e Desenvolvimento Sustentável. É um projeto brasileiro, de ação contínua e âmbito nacional, que prevê a atuação em diversos destinos turísticos no País e conta com o apoio de importantes organizações nacionais e internacionais, como os Ministérios do Turismo, da Cultura, do Meio Ambiente e do Trabalho e Emprego e agências da ONU.O Movimento Brasil tem como missão estimular o desenvolvimento local sustentável através do turismo e da valorização da cultura, que se realiza ao:

  • Valorizar características singulares do “jeito brasileiro de ser”
  • Resgatar e fortalecer a diversidade de manifestações culturais brasileiras 
  • Criar um ambiente favorável à inclusão social
  • Estimular a preservação da biodiversidade
  • Potencializar os micro e pequenos negócios no setor do turismo

O Movimento, identificado com os conceitos de “Cara Brasileira” e “Arranjos Produtivos Locais”, ou APLs, do Sebrae, realizou parcerias com esta e outras importantes organizações no sentido da construção de uma imagem do turismo no Brasil que realmente reflita suas virtudes, da geração de postos de trabalho e renda, do incremento do fluxo de turistas, da diminuição da sazonalidade no turismo, da qualificação do turismo cultural e da competitividade baseada na sustentabilidade e na identidade local.

A atuação do Movimento Brasil baseia-se na mobilização de pessoas e entidades de diferentes localidades no país preocupadas com o desenvolvimento social e econômico, com a dinamização da economia e com a preservação da diversidade cultural. Com esta mobilização objetiva-se a reverberação de conceitos e práticas que despertem as comunidades contempladas de maneira abrangente e democrática, envolvendo educadores, pensadores, artistas e produtores culturais, bem como responsáveis pela gestão pública e empresários do turismo e atividades afins. A metodologia do projeto prevê a constituição de um grupo representativo da comunidade para implementação de melhorias no turismo local, incentivando o comprometimento e a sustentação das ações, com a criação de produtos, roteiros e eventos turísticos identificados com a cultura local.

Cada Projeto Local – destino ou comunidade – é pensado como um vértice ou articulação de uma estrutura maior, uma engrenagem composta por diferentes experiências em turismo cultural no Brasil, capaz de gerar e influenciar outras iniciativas multiplicando no país os exemplos de boas práticas nacionais. Com esta finalidade o Movimento Brasil promove Encontros Anuais para a troca e divulgação de experiências e tece a Rede de Redes, um instrumento permanente destinado à consolidação dos projetos e à perpetuação do movimento de construção iniciado com os Projetos Locais, oferecendo oportunidade para que pessoas, iniciativas, experimentos e idéias se somem, se articulem e se entrelacem.

A atuação do projeto em diferentes destinos do País propicia um contato privilegiado com ativos culturais e naturais variados e com formas diferenciadas de ser e receber, oferecendo um importante subsídio para a reflexão em torno da Cultura Brasileira da Hospitalidade. O Movimento Brasil propõe-se, portanto, a investigar e contribuir na formulação deste conceito que pretende identificar os elementos que compõem o jeito brasileiro de receber, um dos maiores patrimônios intangíveis do Brasil, responsável pela atração de muitos turistas nacionais e internacionais.

Antes de prosseguir, faça a proposta de um pequeno intervalo.

3. Cultura brasileira da hospitalidade e desenvolvimento sustentável do turismo

Recorde com os participantes o conceito de desenvolvimento sustentável do turismo. Retome as conclusões sobre a cultura brasileira da hospitalidade e faça uma pergunta: como a construção de uma cultura brasileira da hospitalidade pode ser instrumento de promoção do desenvolvimento sustentável do turismo? Peça para os participantes fazerem duplas para discutirem e responderem à questão apresentada.

Quando os pares concluírem suas respostas, organize grupos para dar continuidade ao trabalho. Cada pequeno grupo deverá elaborar um rol de recomendações importantes para que a cultura brasileira da hospitalidade contribua com a promoção do desenvolvimento sustentável do turismo. Todas as recomendações deverão ser registradas em tarjetas.

Em painel, indique um espaço para os grupos afixarem suas tarjetas. Peça para um representante de cada grupo apresentar suas recomendações, lendo as tarjetas afixadas. A seguir, coordene a organização de um mural único de recomendações para que a cultura brasileira da hospitalidade contribua com o desenvolvimento sustentado do turismo. Delegue a arquitetura desse mural aos participantes, orientando-os a retirarem repetições, organizarem o mural dando uma ordem à disposição das tarjetas e a complementarem com novas recomendações adicionando tarjetas.

Instrumentos e critérios de avaliação

  • Grau de concordância das características identificadas pelos participantes com o proposto no Movimento Brasil de Turismo e Cultura. 
  • Adequação e relevância da relação de recomendações. 
  • Percepção da importância da construção da cultura brasileira da hospitalidade como diferencial competitivo para o desenvolvimento sustentável do turismo. 

Publicado on novembro 13, 2009 at 8:43 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://natrodrigo.wordpress.com/a-musica-e-a-cultura-brasileira-da-hospitalidade/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: